3 de abr de 2017

De Certa Forma Eu Esqueci

Acredito que talvez eu tenha me abandonado novamente, ou me esquecido de algum modo. É possível esquecer a si mesmo? Creio que sim, na verdade é um fato que acontece muito no decorrer da vida e nós nem nos damos conta. As vezes me perco na ideia de como vou estar daqui a alguns anos, de como vai estar a minha vida, se eu ainda irei continuar esquecendo sempre de mim e de quem eu sou realmente.

Não lembro mais sobre o que eu gostava de escrever,ou como eu lidava com tanta confusão, não lembro o que era a minha âncora, isso me incomoda de certo modo. Âncora é uma palavra engraçada, ao pé da letra significa que é um instrumento náutico pesado usado para 'ancorar' ou fazer presa em fundos rochosos,  já para muitos é considerada um símbolo de firmeza, força, tranquilidade, esperança e fidelidade.  

Para mim o simbolo tanto quanto a âncora  em si, representam  paz, liberdade. Acredito que seja algo que eu procuro sempre, em tudo que eu faço, porém acho que ainda não procurei da forma correta. De certa forma, eu mesma me bloqueio a encontrar tudo isso, não importa para onde eu corra, sempre vou estar trombando comigo mesma com esse muro de limitações que eu mesma me impus.

Sinto falta de realmente me sentir viva, e não empurrada pelo meu dia, sinto ainda mais falta de construir boas lembranças e de ter coisas boas para serem lembradas. Minha mente me engana muitas vezes, talvez para eu não ficar ainda mais triste, ela me engana com falsas recordações, de fato. Sinto falta de chorar de tanto sorrir, sinto falta de não me sentir triste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário